Aplicativo “Crianceiras”

Browse By

A poesia musicada de Manoel de Barros nas telas de tablets e celulares

Desde o dia 12 de outubro deste ano as crianças podem cantar, dançar e brincar com os poemas musicados e animados de Manoel de Barros nos tablets e smartphones. O aplicativo “Crianceiras” reúne dez clipes de música animados – com canções do disco e espetáculo de mesmo nome, que foram criadas a partir da poesia de Manoel – e quatro poesias interativas das quais saem sons, palavras e iluminuras encantadas feitas pela filha do poeta, Martha Barros.

A ideia de transformar os poemas em músicas foi do compositor Márcio de Camillo, que lançou o projeto em 2012, com o aval de Manoel. De lá pra cá, já realizou mais de 250 shows em que as crianças cantam a plenos pulmões canções como “Sombra Boa”, “Sabastião” e “Se Achante”. “Ao mergulhar em sua obra, percebi o quanto era lúdico aquele universo de encantamento e descobertas, vividas pelo poeta em sua infância pantaneira. Assim, ao musicar sua obra para o público infantil, quis criar uma ponte entre a poesia e a melodia, de forma que seus versos pudessem ser entoados como o canto dos passarinhos, e levados com o vento, sem direção”, conta.

Quem já assistiu ao espetáculo sabe que ele é cheio de recursos digitais e de animações. Então, nada mais natural do que levar o projeto para as telas dos tablets e celulares. “Como disse Manoel, ‘poesia não é para compreender, mas para incorporar. Entender é parede: procure ser árvore’. Transformar o projeto Crianceiras em aplicativo é a possibilidade de abrir uma porta no cotidiano e deixar escapar esse convite para buscarmos nosso lado mais árvore”, explica Bruna Pligher, da Webcore Games, responsável pela direção e produção do app. A concepção do aplicativo foi possível graças ao patrocínio da Oi Futuro por meio do ProAC-ICMS.

Mas o que esse aplicativo tem?

“Crianceiras”, disponível para iOS e Android, possui quatro funcionalidades muito especiais. Em Clipes, os hits “Bernardo”, “Sombra Boa”, “O Menino e o Rio”, entre outros (são dez no total) ganham animações que “dançam” ao som das músicas.

Na área da Poesia, quatro poemas se transformaram em verdadeiros brinquedos, com palavras interativas que, ao serem tocadas, se misturam com coisas, sons e interpretações de significados.

O aplicativo convida, ainda, os pequenos leitores a brincar de Desenhar com as cores, texturas e personagens das iluminuras. São muitas as possibilidades para experimentar e fazer arte, já que aqui quase nenhuma cor é chapada, todas têm algo de único. E dá para arrastar os personagens do app para o seu desenho, aumentar, diminuir, rotacionar. Depois é só salvar o desenho e usar como quiser.

Como se não bastasse, os pequenos leitores podem personalizar suas próprias Fotos com os temas e adesivos do aplicativo. São muitos os recursos para usar a imaginação.

Se você está em busca de um aplicativo inteligente para entreter e divertir os pequenos, aproveite as cores, sons e movimentos de “Crianceiras”. Ah, e como toda boa brincadeira, além de tudo é grátis.


O Vale Saber foi escrito por Beatriz Falasco é jornalista, mãe do Vicente e de mais um menininho que ainda mora na barriga.


 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *